Twitter
Comparte
Vídeo Institucional
Ok
Consulte seu pedido

Seu pedido possui 0 itens

Você está em: PÁGINA INICIAL - MEDICAMENTO MANIPULADO - PRESCRIÇÃO E FÓRMULA ÚNICA

MEDICAMENTO MANIPULADO

Prescrição e Fórmula Única

O medicamento é reconhecidamente o principal instrumento na cura e prevenção de inúmeras doenças e no alívio de sintomas. A população brasileira conhece o medicamento industrializado, "de marca", bem como o genérico, divulgado amplamente em campanha nacional. Porém, para a grande maioria das pessoas, o conhecimento sobre o medicamento manipulado está restrito ao fato de tratar-se de uma opção de custo mais acessível. Em decorrência disso, surgem questionamentos e não raramente posicionamentos equivocados, quanto à qualidade, eficácia e segurança do medicamento elaborado na farmácia de manipulação. As farmácias magistrais ressurgiram no Brasil após um longo período de latência, marcado pela industrialização maciça do medicamento, pela sofisticação de processos, produtos, embalagens e pela concorrência entre grandes potências mundiais. Investimentos elevados a cifras gigantescas foram direcionados pela indústria farmacêutica na busca de diferenciais, focando na propaganda estratégica de medicamentos tanto junto ao médico como ao consumidor.

A farmácia de manipulação apresentou-se então como uma possibilidade para o retorno à personalização da terapêutica, pois o medicamento pode ser desenvolvido para atender necessidades exclusivas de um paciente:

  • O medicamento manipulado permite que a forma de administração seja adaptada às necessidades individuais do paciente, o que pode representar uma maior adesão ao tratamento. Exemplos: cápsulas menores, preparações líquidas com sabor especial, envelopes com pó efervescente, pirulitos e gomas medicamentosas e até picolés, ótima opção em pediatria.
  • Quantidades exatas do medicamento podem ser manipuladas, sem perdas ou faltas, que geralmente significam não concluir o tratamento, pois seria necessário comprar mais uma caixa do medicamento industrializado.
  • A dose pode ser definida com exatidão, evitando o risco, por exemplo, de cortar um comprimido de dosagem diferente da necessária. Nestes casos há grande probabilidade de obtermos doses erradas, pois as partes são geralmente irregulares, sem contar com as perdas, pois é bastante difícil obter uma quarta parte "inteira" de um comprimido. Para uma indústria farmacêutica é, em geral, economicamente inviável produzir um único medicamento em muitas opções de dose e formas farmacêuticas.
  • Diante da necessidade de usar vários medicamentos em determinado tratamento, o médico pode optar pela associação de substâncias em um único medicamento manipulado, facilitando a administração e evitando erros por esquecimentos ou enganos.
  • O medicamento manipulado é a única alternativa para suprir medicamentos descontinuados, ou seja, aqueles que tiveram sua fabricação suspensa.

Considerando a evolução da ciência, já vislumbramos o que o futuro nos apresentará em breve, com relação farmacogenética. Com base nas diferenças genéticas individuais, de grupos raciais e populacionais, medicamentos serão desenvolvidos de forma a proporcionar tratamentos mais seguros, eficazes e absolutamente personalizados. De acordo com características genéticas de cada pessoa, poderemos agir sobre fatores de risco potenciais, atuando de forma preventiva. O formato desta nova modalidade de individualização terapêutica é hoje apenas um esboço, mas parece remeter ao principio essencial do medicamento manipulado:

Um medicamento é único porque cada ser humano é único.

O Dr Anderson de Oliveira Filho, farmacêutico magistral e autor reconhecido, abre um de seus livros com a seguinte colocação:

Em tempos de tecnologias sofisticadas e processos automatizados haverá aquele que possa ver na farmácia magistral, com suas técnicas artesanais para produção de medicamentos, um retrocesso ou uma volta ao passado. Diríamos então a estes que a descrição correta para esta falsa suposição seria "de volta ao futuro". A razão para esta afirmação é óbvia, pois a farmácia com manipulação resgata a presença e a essencialidade do farmacêutico na farmácia, possibilita ao profissional prescritor a personalização da terapêutica, fornecendo ao paciente um medicamento "sob medida", individualizado. Atende, assim, ao anseio do homem contemporâneo - o de ser tratado como ser único - na contramão da massificação imposta pela tecnologia da alta produtividade.

Próximo
USO INDICADO - Farmácia de Manipulação
Rua Voluntários da Pátria, 1050
CEP: 96015-730 | Centro - Pelotas - RS
Telefone: (53) 3225 2221 | Email: usoindicado@usoindicado.com.br